outubro rosa

 Ame-se. Previna-se.  A GENTE ABRAÇA ESSA LUTA!
 
Mês de prevenção e combate ao câncer de mama
Cada ano vem aumentando a adesão ao movimento mundial "Outubro Rosa", o nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. Também estimula a participação da população e de empresas e entidades. A campanha no Brasil ajuda milhares de pessoas.
Disseminar informações sobre a doença e incentivar a procura pelos exames médicos e de enfermagem, além dos autoexames que podem levar à identificação precoce do câncer de mama. Foi com este objetivo que nós da Secretaria Municipal de Saúde e o Prefeito Municipal abrimos o mês da campanha Outubro Rosa 2017 do município de Muniz Freire.
O Outubro Rosa é importante para lembrar a sociedade sobre a responsabilidade que cada pessoa tem com a própria vida e dos familiares.
O diagnóstico precoce é uma das estratégias de tratamento com grandes resultados, pois quanto mais cedo diagnosticado maior a chance de cura. Por isso é importante que as mulheres busquem atendimento médico periodicamente nas unidades de saúde, e realizem exames de rotina: O AUTOEXAME, O EXAME CLÍNICO DA MAMA E A MAMOGRAFIA. Nos casos em que houver confirmação de diagnóstico para o câncer de mama, encaminhamos a paciente para um hospital que ofereça o acompanhamento.
Ao longo do mês, todas nossas unidades de saúde trabalharão com foco na prevenção do câncer de mama, com orientações e ações educativas. Também focamos na realização de preventivo, exames de sangue e consultas. Vários comércios e empresas são enfeitados com a cor rosa, que representa a luta contra este tipo câncer.
Somente o câncer de mama corresponde a 22% dos novos casos de câncer, em cada ano, no Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca). O câncer de mama é o tipo que possui a maior incidência e a maior mortalidade na população feminina em todo o mundo, no Estado do Espírito Santo este ano, no primeiro semestre, 146 mulheres morreram vítimas da doença.
O importante é, na realidade, focar este sério assunto nos 12 meses do ano, já que a doença é implacável e se faz presente não só no mês de outubro.
Para fazer o autoexame da mama é necessário seguir três passos principais:          
 - Fazer observação em frente ao espelho;
 - Palpar a mama de pé
 - E repetir a palpação deitada.
O autoexame da mama deve ser feito uma vez por mês, todos os meses, 3 a 5 dias após o aparecimento da menstruação ou em uma data fixa nas mulheres que já não têm menstruação.
Todas as mulheres após os 20 anos, com caso de câncer na família, ou com mais de 40 anos, sem caso de câncer na família, devem realizar o auto exame da mama para prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de mama.
Qualquer mulher pode realizar o exame clínico anualmente pelo profissional de saúde e é semelhante ao autoexame.
A mamografia deve começar a ser feita a partir dos 40 anos, anualmente, para mulheres da população geral. Porém, para aquelas que possuem casos de câncer de mama na família, em parentes de primeiro grau (mãe, irmã e/ou filha), o risco de câncer de mama pode ser maior que o da população geral. Nestes casos, a mamografia pode começar a ser feita 10 anos antes do caso mais precoce entre as parentes que tiveram a doença. 


Cuide agora. Cuide sempre!

 

2017 11 10 01

2017 11 10 02

 

 

SECRETÁRIA MUNICIPAL: JULIANA DE PAULA LOUZADA

Endereço: Rua Cônego José Bazzarella, s/n, Centro, Muniz Freire/ES, CEP: 29.380-000 
Telefone: (28)3544-1402
Celular: (28) 99945-5107
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
Horário de Expediente: 7h às 11h e 13h à 16h
 
A Secretaria Municipal de Saúde é um órgão ligado diretamente ao Chefe do Poder Executivo Municipal, tendo como âmbito de ação o planejamento, a coordenação, a execução e o controle das atividades relativas à assistência médico-odontológica à população do Município. O Fundo Municipal de Saúde será gerido pela Secretaria Municipal de Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde executará as suas atividades através dos seguintes órgãos:

I - ASSESSORIA TÉCNICA
II - ASSESSORIA DE CONTROLE, AVALIAÇÃO E AUDITORIA
III - DEPARTAMENTO DE AÇÃO E SAÚDE

ASSESSORIA TÉCNICA - Compreende a Assessoria Técnica:

a) Assessorar e prestar apoio técnico a Secretaria Municipal de Saúde, bem como responsabilizar-se por subsidiar a elaboração, acompanhamento e monitoramento dos serviços, programas, projetos e ações da área afim.
b) Desempenhar outras atribuições afins.

A Assessoria Técnica executará suas atividades através das seguintes áreas:

I - ÁREA DE ALMOXARIFADO
II - ÁREA DE TRANSPORTE
III - ÁREA DE TESOURARIA
IV - ÁREA DE FATURAMENTO
V - ÁREA DE CONTABILIDADE
VI - ÁREA DE SUPERVISÃO DE CAMPO DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL

ÁREA DE ALMOXARIFADO - Compreende a Área de Almoxarifado:

a) O recebimento e conferência dos materiais e produtos adquiridos, acompanhados de notas fiscais;
b) A guarda, conservação, classificação, codificação e registro dos materiais e equipamentos;
c) O fornecimento dos materiais requisitados aos diversos órgãos da Prefeitura;
d) A organização, o controle e a movimentação de estoque -entrada e salda de materiais; e) A determinação e controle do ponto de reposição de estoques de materiais;
f) A elaboração da previsão de compras objetivando suprir as necessidades dos diversos órgãos da Prefeitura;
g) A organização e atualização do catálogo de materiais;
h) A requisição de compras de material, utilizando formulários próprios;
i) A realização do inventário de material em estoque no almoxarifado pelo menos uma vez ao ano;
j) A elaboração mensal do mapa de consumo de material, encaminhando-o ao Secretário; l) O cumprimento dos procedimentos estabelecidos em legislação específicas e vigentes; m) A execução de outras atividades correlatas.

ÁREA DE TRANSPORTE - Compreende a Área de Transporte:

a) a manutenção e controle dos veículos da secretaria;
b) Controle de gastos com combustível;
c) A execução de outras atividades correlatas.

DA ÁREA DE TESOURARIA - Compreende a Área de Tesouraria:

a) o recebimento da receita proveniente de tributos ou a qualquer título;
b) a execução de pagamento das despesas, previamente processadas e autorizadas;
c) o recebimento, guarda e conservação de valores e títulos da Prefeitura, devolvendo-os quando devidamente autorizados;
d) a emissão e a assinatura de cheques e requisições de talonários, juntamente com o Prefeito ou Ordenador da despesa;
e) o controle, rigorosamente em dia dos saldos das contas em estabelecimentos de crédito, movimentados pela Prefeitura;
f) a escrituração do livro caixa;
g) a elaboração do boletim de movimento financeiro diário, encaminhando- o ao Secretário Municipal de Finanças;
h) o fornecimento de suprimento de dinheiro a outros órgãos da administração municipal, desde que devidamente processado e autorizado pelo Prefeito;
i) a execução de outras atividades correlatas.

DA ÁREA DE FATURAMENTO - Compreende a Área de Faturamento:

a) alimenta e mantém o Sistema da DATASUS para controle da produção dos profissionais da área de saúde;
b) alimenta e mantém o programa de cadastro dos profissionais da área de saúde;
c) mantém informado o secretário Municipal de Saúde e Saneamento sobre a produção dos profissionais da área de saúde;
d) a execução de outras atividades correlatas.

DA ÁREA DE CONTABILIDADE - Compreende a Área de Contabilidade:

a) a execução do Plano Plurianual, das Diretrizes Orçamentárias e dos Orçamentos Anuais, em estreita articulação com os demais órgãos da Prefeitura;
b) o acompanhamento e o controle da execução orçamentária, procedendo às alterações quando necessário e previamente autorizadas pelo Prefeito;
c) a execução e a escrituração sintética e analítica, em todas as suas fases, dos empenhos e dos lançamentos relativos às operações contábeis, patrimoniais e financeiras da Prefeitura;
d) o acompanhamento, execução e controle de acordos, contratos e convênios; e) a elaboração de balancetes financeiros e orçamentários;
f) a remessa mensal dos balancetes financeiros e orçamentários ao Tribunal de Contas;
g) a elaboração, no prazo determinado, do Balanço Geral da Prefeitura;
h) a elaboração das prestações de contas da Secretaria, bem como dos recursos recebidos para aplicação em projetos específicos;
i) a emissão de Nota de Empenho, visando a assegurar o controle eficiente da execução orçamentária da despesa;
j) a análise das folhas de pagamento dos servidores, adequando-os às unidades orçamentárias;
k) A análise e o controle dos custos por obra, serviço, projeto ou unidade administrativa; l) A análise, conferência e despacho em todos os processos de pagamento, bem como em todos os documentos inerentes às atividades de Contabilidade;
m) O controle das retiradas e depósitos bancários, conferindo mensalmente, os extratos de contas correntes;
n) A emissão de ordem de pagamento;
o) O controle de arquivamento dos processos de pagamentos liquidados;
p) A execução de outras atividades correlatas.

ÁREA DE SUPERVISÃO DE CAMPO DA VIGILÂNCIA AMBIENTAL - É responsável pelo trabalho realizado pelos agentes de endemias, sob sua orientação. É também elemento de ligação entre os seus agentes e a Coordenação da Estratégia. Compreende a Supervisão de Campo da Vigilância Ambiental:

a) acompanhamento das programações, quanto a sua execução, tendo em vista não só a produção, mas também a qualidade do trabalho;
b) organização e distribuição dos agentes dentro da área de trabalho, acompanhamento do cumprimento de itinerários, verificação do estado dos equipamentos, assim como da responsabilidade de insumos;
c) capacitação do pessoal sob sua responsabilidade, de acordo com estas instruções, principalmente no que se refere a:
• Conhecimento manejo e manutenção dos equipamentos de aspersão;
• Noções sobre inseticidas, sua correta manipulação e dosagem;
• Técnica de pesquisa larvária e tratamento (focal e perifocal);
• Orientação sobre o uso dos equipamentos de proteção individual (EPI).
d) Controle e supervisão periódica dos agentes de endemias;
e) Acompanhamento do registro de dados e fluxo de formulários;
f) Controle de frequência e distribuição de materiais e insumos;
g) Trabalhar em parceria com as associações de bairros, escolas, unidades de saúde, igrejas, centros comunitários, lideranças sociais, clubes de serviços, etc. Que estejam localizados em sua área de trabalho;
h) Avaliação periódica, junto com os agentes, das ações realizadas;
i) Avaliação, juntamente com a coordenação da Estratégia, do desenvolvimento das áreas com relação ao cumprimento de metas e qualidade das ações empregadas." Parágrafo incluído pela Lei nº. 1982/2008

ASSESSORIA DE CONTROLE, AVALIAÇÃO E AUDITORIA - Compreende a Assessoria de Controle, Avaliação e Auditoria:

a) manter o controle da prestação dos serviços de saúde oferecidos a população de nosso município;
b) proceder a avaliação dos serviços efetivamente prestados aos usuários dos serviços de saúde colocados à disposição dos cidadãos;
c) realizar auditoria dos serviços prestados pela Secretaria, aplicação dos recursos e administração do fundo Municipal de Saúde;
d) a execução de outras atividades correlatas.

DEPARTAMENTO DE AÇÃO DE SAÚDE - As atividades do Departamento de Ação de Saúde serão executadas através das seguintes gerências:

I - GERÊNCIA ESTRATÉGIA, SAÚDE DA FAMÍLIA
II - GERÊNCIA DE PROGRAMAS
III - GERÊNCIA DE SAÚDE BUCAL
IV - GERÊNCIA DA UNIDADE DE SAÚDE DA SEDE
V - GERÊNCIA DA UNIDADE DE SAÚDE DE PIAÇU

GERÊNCIA ESTRATÉGIA, SAÚDE DA FAMÍLIA - Compreende a Gerência Estratégia, Saúde da Família:

a) Planejar, gerenciar, coordenar e avaliar as equipes da Estratégia Saúde da Família;
b) Outras atividades correlatas

GERÊNCIA DE PROGRAMAS - Compreende a Gerência de Programas:

a) Desenvolver, manter e coordenador os Programas Materno Infantil, DST/AIDS, TB/HAN, LEISH, SISVAN, IDOSO, AGRAVOS NÃO TRANSMISSÍVEIS HIPERDIA E TABACO
b) Outras atividades correlatas

GERÊNCIA DE SAÚDE BUCAL - Compreende a Gerência de Saúde Bucal:

a) capacitar as equipes de saúde da família no que se refere as ações educativas e preventivas em saúde bucal;
b) coordenar as ações coletivas voltadas para a promoção e prevenção em saúde bucal;
c) planejar, gerenciar, coordenar e avaliar o desenvolvimento do trabalho das equipes de saúde bucal e/ou dentista das unidades de saúde;
d) programar e supervisionar o fornecimento de insumos e cuidar da manutenção e conservação dos equipamentos odontológicos;
e) Outras atividades correlatas.

GERÊNCIA DA UNIDADE DE SAÚDE DA SEDE - Compreende a Gerência Estratégia, Saúde da Família:

a) planejar, gerenciar, coordenar e avaliar as ações a serem realizadas nas Unidades Básicas de Saúde;
b) realizar ações de saúde em diferentes ambientes, quando necessário;
c) a execução de outras atividades correlatas.

GERÊNCIA DA UNIDADE DE SAÚDE DE PIAÇU - Compreende a Gerência da Unidade de Saúde

a) planejar, gerenciar, coordenar e avaliar as ações a serem realizadas nas Unidades Básicas de Saúde;
b) realizar ações de saúde em diferentes ambientes, quando necessário;
c) a execução de outras atividades correlatas.

COORDENAÇÃO DA VIGILÂNCIA AMBIENTAL - Compreende a Coordenação da Vigilância Ambiental:

a) a produção, integração, processamento e interpretação de informações no campo da Vigilância Ambiental, relacionadas a fatores biológicos (vetores, hospedeiros, reservatórios, animais peçonhentos, etc.), a qualidade da água para consumo humano, incluindo contaminantes ambientais químicos e físicos que possam interferir na qualidade da água, ar e solo;
b) a avaliação de riscos decorrentes de desastres naturais e de acidentes com produtos perigosos, visando a disponibilizar instrumentos para o planejamento e execução de ações relativas às ações de proteção e promoção da saúde, além da prevenção e controle de doenças relacionadas ao meio ambiente;
c) a identificação dos riscos e divulgação das informações referentes aos fatores condicionantes e determinantes das doenças e agravos à saúde, relacionados aos ambientes naturais e antrópicos;
d) a intervenção com ações diretas sob responsabilidade da vigilância ambiental, ou pela demanda de outros setores, com vistas a eliminar os principais fatores ambientais de riscos à saúde humana;
e) a promoção e ações inter setoriais para proteção, controle e recuperação da saúde e do meio ambiente, quando relacionados a riscos à saúde humana;
f) o incentivo a interação da área da saúde, meio ambiente e desenvolvimento sustentável, visando fortalecimento da participação da população na promoção da saúde e qualidade de vida;
g) a divulgação das ações de vigilância ambiental, em conjunto com outras áreas da Secretaria de Saúde;
h) a contribuição para o alcance das metas traçadas pela Secretaria de Saúde;
i) a Coordenação da vigilância ambiental também executará suas atividades através da Área de Supervisão de Campo; (Incluído pela Lei nº 2.251/2012)
j) a execução de outras atividades correlatas.

 

Organograma

 
 
SETORES:
- Vigilância Sanitária - (28) 3544-1400
- Vigilância Ambiental - (28) 3544-1400
- Vigilância Epidemiológica - (28)3544-1283
- Farmácia - (28) 3544-1283
- Almoxarifado - (28) 3544-1283
- Regulação - (28) 3544-1541
- AMA - (28) 3544-1283
- Unidade de Saúde de Piaçu - (28) 3544-5134
- Unidade de Saúde de Menino Jesus - (28) 3544-4082
- Unidade de Saúde de Vieira Machado - (28) 3544-8001
- Unidade de Saúde de Itaíci - (28)3544-6030
- Unidade de Saúde de Alto Norte - (28)3544-1400

doc icone

geobras